Perguntas Frequentes

/ FAQ
FAQ 2017-06-19T14:54:22+00:00

Perguntas Frequentes

Academia ou tratamentos não cirúrgicos solucionam problemas de flacidez? 2017-06-13T13:52:52+00:00

Dependerá muito da idade que você tem. Quando se é jovem, a pele tem muito mais facilidade de aderir, voltando ao lugar, após a cirurgia, sem a necessidade de qualquer procedimento cirúrgico. Já para as pessoas com idade acima de 25 anos (principalmente acima dos 30), academia não trará tantos resultados em relação às peles flácidas. Nestes casos, somente uma cirurgia plástica poderá resolver os problemas.

A cirurgia plástica é perigosa? 2017-06-13T13:54:36+00:00

Ela apresenta os mesmos riscos que qualquer cirurgia. Assim como a gastroplastia, a cirurgia plástica tem seus riscos.

Como são os preparativos para a cirurgia plástica? 2017-06-13T13:52:35+00:00

Como na Gastroplastia, o paciente passará por uma bateria de exames pré operatórios, dentre eles os básicos de sangue e coração.

No dia da cirurgia, deve-se seguir à risca algumas indicações:

  • Jejum total de 8 horas (dieta zero);
  • Proibido o uso de AAS e outras drogas que possam estimular a hemorragia (Arnica, Ginko Biloba, Ginsen…);
  • Não usar maquiagem no dia da cirurgia e nem unhas pintadas;
  • Levar para o hospital roupas leves que evitem desconforto na hora de ir para casa;
  • Parar de fumar 21 dias antes;
  • Levar para o hospital modeladores e meia antitrombo de acordo com a recomendação médica;
Como é o pós operatório da cirurgia plástica. 2017-06-13T13:53:40+00:00
  • 24 hs de internação;
  • 07 dias: Troca de curativo e retirada de drenos;
  • 15 dias: Retirada dos pontos, retorno a atividades leves (caminhadas);
  • 21 dias: Voltar a trabalhar e dirigir;
  • 90 dias: Voltar para academia e parar de usar cintas modeladoras;
Em quanto tempo poderei voltar a trabalhar? 2017-06-13T13:54:22+00:00

Em média, de 14 a 21 dias, dependendo do tipo de cirurgia plástica feita e da sua recuperação.

Em quanto tempo poderei voltar a ter relações íntimas? 2017-06-13T13:54:08+00:00

Em média de 30 a 45 dias. Porém isso dependerá muito da sua recuperação e da liberação do seu cirurgião plástico.

Quanto tempo após a gastroplastia posso realizar a cirurgia plástica? 2017-06-13T13:55:49+00:00

O recomendável são 18 meses. Mas muitos pacientes já recebem a liberação do médico para as plásticas após 01 ano da gastroplastia, pois já perderam peso suficiente. É importante lembrar que as plásticas devem ser feitas SOMENTE após a ESTABELIZAÇÃO de peso.

Quais as partes do corpo necessitam de cirurgia plástica após a gastroplastia? 2017-06-13T13:55:36+00:00

Barriga, coxas, seios, costas, nádegas, pescoço, braços e região íntima. Mas cada corpo irá reagir de uma maneira.

Qual a média de duração de uma cirurgia plástica? 2017-06-13T13:55:07+00:00
  • Abdômen: 04 horas;
  • Costas e Nádegas: 04 horas;
  • Pescoço e Face: 04 horas;
  • Braços: 03 horas;
  • Seios: 03 horas;
  • Coxas: 03 horas;
Quais anestesias aplicadas na cirurgia plástica? 2017-06-13T13:53:23+00:00

As anestesias mais utilizadas são: Geral ou Bloqueio Espinhal. Independente da técnica, o/a paciente dorme a cirurgia toda, pois recebe uma sedação antes da anestesia.

Uma plástica abdominal poderá tirar a cicatriz da gastroplastia? 2017-06-13T13:55:23+00:00

Depende! Se a cirurgia foi feita por vídeo (só os buraquinhos), sim. Mas não se esqueça da cicatriz da cirurgia plástica, que apesar de muitas vezes ficar escondida, existe. Se a cirurgia foi feita com corte acima do umbigo, está cicatriz não desaparecerá. Mas ela pode ser corrigida e trocada por uma cicatriz de melhor qualidade (mais fina e discreta).

Uma gravidez afetará os resultados os resultados da minha plástica abdominal? 2017-06-13T13:54:53+00:00

O aconselhável é que você faça a plástica após ter tido todos os filhos que você deseja ter. Porém, se durante a gestação você não tiver um ganho de peso excessivo ao recomendado pelo seu obstetra, ou seja, um ganho acima do esperado, os resultados poderão ser preservados perfeitamente. Só dependerá de você.

Sou fumante, como devo proceder? 2017-06-13T13:53:54+00:00

Como em qualquer cirurgia, o fumante sofre mais riscos que uma pessoa não fumante. É necessário que se pare de fumar, no mínimo, 21 dias antes da intervenção cirúrgica. A química contida no cigarro pode afetar a cicatrização, a vascularização e, durante a cirurgia, onde há a aplicação de anestesias, pode afetar a respiração.

Todo gastroplastizado terá que fazer uma cirurgia plástica? 2017-06-13T13:53:09+00:00

A plástica é um procedimento opcional. O que acontece no caso de ex-obesos mórbidos é que o excesso de pele é muito grande, trazendo incômodo. O excesso de pele dependerá da quantidade de peso perdido e da sua idade.

Quanto mais obeso, quanto mais velho, maior será a indicação para a cirurgia plástica. Outro fator que também contribuí é o tipo de pele de cada pessoa, que pode resultar em graus variados de flacidez.

Dicas e Saúde

Atividades físicas 2017-06-13T13:34:11+00:00

Pratique atividades físicas, elas são fundamentais para promover condicionamento, aumentando a longevidade e diminuir o estresse. Para quem te mais de 35 anos, exercícios físicos ajudam a manter a massa muscular. A prática é importante porque parte do metabolismo depende da massa muscular.

Alimentos integrais 2017-06-13T13:33:38+00:00

Prefira alimentos integrais em substituição aos carboidratos refinados. Os integrais levam mais tempo para serem digeridos promovendo maior tempo de saciedade e melhor funcionamento do intestino.

Cirurgia Plástica 2017-06-13T13:32:16+00:00

Antes de realizar a cirurgia, busque se informar sobre o seu cirurgião. O primeiro passo é procurar o nome no profissional no cadastro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica que pode ser feito pelo site da entidade (…..) para confirmar se ele é um profissional formado e habilitado. O período pré operatório é muito importante, pois esse é o momento de conhecer o seu médico, realizar exames e esclarecer dúvidas. Não se submeta a operações sem conhecer o profissional. É muito importante também, que o cirurgião explique o procedimento e, principalmente, as possíveis complicações pós-operatórias e os cuidados necessários para diminuir ao máximo os ricos cirúrgicos. Outro detalhe, é que o cirurgião explique o processo de cicatrização. Cirurgia não é mágica. Desconfie de facilidades, como: cirurgia milagrosa, com preços incoerentes aos procedimentos, barganhas ou ofertas muito baratas.

O melhor momento para ser submetida a uma cirurgia é quando a paciente consegue se organizar para não ficar preocupada com assuntos ligados ao trabalho ou lar. Durante a recuperação, a saúde é prioridade. Programe seus primeiros dias do pós operatório para descansar. É fundamental para o sucesso da cirurgia que você obedeça todas as orientações médicas. Só faça uso de medicações prescritas pelo seu médico, evitando a automedicação e obedecendo aos horários descritos. Mantenha freqüente o acompanhamento as consultas médicas marcadas antes e depois da cirurgia.

No dia da cirurgia, o paciente deve se programar para chegar com antecedência ao hospital e levar roupas confortáveis para o dia da alta, e levar óculos escuros, no caso de cirurgia nas pálpebras.

Consumo de calorias 2017-06-13T13:33:51+00:00

Não consuma alimentos muito calóricos no jantar, isso pode prejudicar o sono. Além disso, como o metabolismo fica mais lento á noite, o gasto de calorias nesse período será menor, podendo gerar ganho de peso.

Cigarro e álcool 2017-06-13T13:37:51+00:00

Procure informações e ajuda para parar de fumar ou de consumir álcool em excesso. O  cigarro é o fator de risco para inúmeras doenças e sobrecarga muito o aparelho pulmonar e o sistema respiratório. Já o álcool, além de trazer problemas comportamentais, é bastante nocivo ao fígado e ao pâncreas, que são fundamentais para o metabolismo.

Consumo de líquido 2017-08-23T22:20:43+00:00

Aumente o consumo de liquido ao longo do dia, preferencialmente água. A ingestão continua de líquido mantém o metabolismo em constante movimento, assim com a atividade das células corporais e funcionamento do intestino. Não espere a sede, se ela chegar, é sinal que o corpo já está desidratado.

Medicamentos 2017-06-13T13:34:24+00:00

Só consuma medicamentos sob orientação médica. Sem acompanhamento profissional, pessoas tendem a tomar medicação em excesso ou a deixar de tomar medicamentos que realmente precisam.

Refeições diárias 2017-06-13T13:32:55+00:00

Distribua melhor as refeições ao longo do dia. Tente se alimentar a cada três horas para a redução do metabolismo e sobrecarga de determinadas refeições (principalmente á noite). Além disso, evite que o corpo entre na “reserva de energia”, que é quando o organismo entende que, pelo jejum prolongado, precisa armazenar calorias dificultando a perda de peso.

Saindo da rotina 2017-06-13T13:37:33+00:00

Tenha um hobbie ou faça atividades de que goste bastante, saindo da rotina. É uma ótima maneira de escapar do círculo de pensamentos preocupantes e de ter a motivação.

Refrigerantes e sucos 2017-06-13T13:32:37+00:00

Evite refrigerantes e atenção aos sucos prontos. O consumo de refrigerantes está direcionado com diabetes e a obesidade, enquanto os não adoçados (como: light, diet, zero) estão associados à piora do funcionamento dos rins. Enquanto a frutose, proveniente  das frutas e que adoça os sucos prontos, pode provocar o aumento da pressão arterial, quando consumida em excesso.

ENTRE EM CONTATO




src="//www.googleadservices.com/pagead/conversion/854761599/?label=Lt9NCMLggHEQ_8DKlwM&guid=ON&script=0"/>

ENTRE EM CONTATO




src="//www.googleadservices.com/pagead/conversion/854761599/?label=Lt9NCMLggHEQ_8DKlwM&guid=ON&script=0"/>