Cirurgias Ex-obeso

/ Cirurgias Ex-obeso
Cirurgias Ex-obeso 2017-06-14T21:02:44+00:00

A abdominoplastia é uma operação realizada para remover o excesso de tecido gorduroso e pele da parte inferior do abdome. Diferente da lipoaspiração, a abdominoplastia é indicada para pacientes onde o excesso de pele predomina. flacidez da pele principalmente na parte média é inferior do abdome. É muito procurada por mulheres que passam por várias gestações , que desejam corrigir o abaulamento do abdome.

Proporciona uma silhueta mais harmônica e bonita Em princípio, a abdominoplastia só deverá ser realizada quando a paciente já tenha todos os filhos programados. Uma nova gestão seria possível, mas poderá comprometer o resultado da cirurgia Geralmente o período de internação é de 24 horas e o tempo de recuperação de 14 a 21 dias, sendo que este pode variar de pessoa para pessoa.

 

A coxoplastia é realizada com intuito de retirar o excesso de gordura e pele desta região. Realizada principalmente em pacientes submetidos a cirurgia bariátrica ( redução do estômago) que perderam muito peso. Ela consiste basicamente na lipoaspiração da região interna das coxas e quando necessário, associada a retirada do excesso de pele.

Grandes variações de peso após a cirurgia podem comprometer o resultado final. Geralmente o período de internação é de 24 horas e o tempo de recuperação de 14 a 21 dias, sendo que este pode variar de pessoa para pessoa.

Após grandes emagrecimentos, alternância de períodos de ganho e perda de peso, ou com o passar da idade, é comum que ocorra um abaulamento flácido da porção posterior do braço. Isto se deve ao excesso de pele formado pelo estiramento desta durante o período de sobrepeso ou da perda da elasticidade da pele devido à idade. A braquioplastia visa retirar este excesso de pele e gordura, proporcionando um contorno do braço mais natural e menos flácido.

Grandes variações de peso após a cirurgia podem comprometer o resultado final. Geralmente o período de internação é de 24 horas e o tempo de recuperação de 14 a 21 dias, sendo que este pode variar de pessoa para pessoa.

As mamas mudam com o passar dos anos. Após as gestações, grandes variações de peso ela podem vir a sofrer ptose (queda). Mamas grandes demais podem causar, além do desconforto estético, implicações físicas como dores nas costas, no pescoço ou irritação da pele. A mamoplastia redutora é uma cirurgia com foco na redução dos seios e na obtenção de seios mais simétricos e condizentes com o tamanho do corpo da paciente, podendo também, tratar flacidez e reduzir o tamanho das aréolas e papilas.

A mastopexia tem traz os mesmos benéficos da mamaplastia redutora, mas sem mudar o volume final das mamas, é indicada para as mulheres que gostam do tamanho de suas mamas, no entanto acham elas flácidas e caídas. Estas cirurgias podem ainda ser associadas ao uso de próteses de silicone caso o paciente deseje.

Grandes variações de peso e gestações após a cirurgia podem comprometer o resultado final. Geralmente o período de internação é de 12 a 24 horas e o tempo de recuperação de 14 a 21 dias, sendo que este pode variar de pessoa para pessoa.

Esta cirurgia consiste em uma incisão em forma de um cinto ao redor da cintura. É denominada “belt lipectomy”, ou seja, dermolipectomia em cinto. É utilizada naqueles pacientes que tem excesso de pele na região do abdome e no dorso. Além de proporcionar uma melhora no contorno corporal, também melhora o aspecto da região glútea ( bumbum), já que neste procedimento esta região é suspensa. Apesar de ser uma cirurgia de grande porte, quando realizada dentro de protocolos bem estabelecidos, é segura e com boa recuperação.

Grandes variações de peso e gestações após a cirurgia podem comprometer o resultado final. Geralmente o período de internação é de 24 horas e o tempo de recuperação de 21 a 30 dias, sendo que este pode variar de pessoa para pessoa.