Cirurgia Plástica tem limites e exige bom preparo do paciente e do cirurgião.

/ / Cirurgia Plástica tem limites e exige bom preparo do paciente e do cirurgião.

Cirurgia Plástica tem limites e exige bom preparo do paciente e do cirurgião.

Se a cirurgia plástica pode dar a pessoas saúde e melhorar sua autoconfiança, ela pode não resolver problemas psicológicos ou emocionais. Ter uma aparência renovada é uma forma de devolver confiança a algumas pessoas, mas se houver motivações psicológicas subjacentes o efeito da cirurgia plástica vai apenas amenizar estas questões. O mesmo acontece com quem tem expectativas irreais a respeito dos resultados. Isso gerar frustração e arrependimento.

Nem todo paciente é um bom candidato a uma cirurgia plástica. Cirurgiões plásticos éticos irão desencorajar possíveis pacientes se perceberem que seu estado físico ou mental não são os ideais para a realização do procedimento. O candidato ideal a uma cirurgia plástica é aquele que tem uma boa saúde geral, deseja resultados naturais e quer fazer o procedimento por vontade própria e não para satisfazer alguém.

Cirurgiões de confiança!

Cirurgiões plásticos certificados pela SBCP trabalham para educar seus pacientes a respeito do que é possível e do que não é possível com a cirurgia e dos benefícios e riscos que envolvem qualquer procedimento. Uma cirurgia plástica não pode rejuvenescer alguém em 15 anos, mas pode diminuir os sinais de envelhecimento. Ela pode modificar a aparência de alguma característica do paciente, como um nariz grande, mamas pequenas ou excesso de pele, mas não pode mudar completamente uma pessoa.

Por isso, candidatos a cirurgia plástica devem ficar em alerta ao encontrarem profissionais que prometem resultados garantidos ou que soem exagerados, especialmente quando o procedimento for mínimo.

Também é importante que o paciente tenha clareza que procedimentos não cirúrgicos não produzem os mesmos resultados que os cirúrgicos. O Coolsculpting pode reduzir pequenas bolsas de gordura, mas não terá o mesmo desempenho de uma lipoaspiração.

Fique alerta!

Os resultados de uma cirurgia plástica dependem de outras questões também, como a anatomia, fatores genéticos, saúde geral, da habilidade do cirurgião e, claro, da capacidade do paciente seguir as instruções médicas para obter um bom resultado.

Fique atento com anúncios de serviços que prometem resultados fantásticos sem problemas  ou tempo de recuperação. A cirurgia plástica, inclusive os procedimentos não invasivos, envolve riscos. Os procedimentos com uso de lasers, por exemplo, podem causar queimaduras ou mudar a pigmentação da pele permanentemente se não forem bem executados.

Lembre-se: busque sempre contar com um cirurgião plástico associado a SBCP e instalações credencias pela entidade para aumentar sua segurança!

2014-10-13T10:55:41+00:00 outubro 13th, 2014|